Acupuntura é uma prática chinesa que consiste no uso de agulhas para estimular pontos específicos relacionados à manutenção do funcionamento adequado do organismo. Praticada na China há mais de dois mil anos, a técnica se baseia na premissa de que existem padrões de energia vital (que os chineses chamam de Qi) que circulam pelo nosso organismo e são essenciais para a nossa saúde. Quando ocorrem desvios nessa energia e ela começa a ficar acumulada em determinados pontos do corpo, o equilíbrio do organismo fica comprometido e então surgem as doenças.

Seguindo essa teoria, ao estimular esses pontos onde há acúmulo de energia (estagnação), haverá um reestabelecimento do Qi, melhorando as funções dos órgãos e permitindo que o organismo volte ao seu funcionamento normal.

Levando em consideração esta informação, devemos acrescentar que a Acupuntura não se trata apenas de uma técnica que visa o equilíbrio energético, mas também o equilíbrio fisiológico, orgânico e emocional.

 

Você já deve ter ouvido falar em Acupuntura, mas já ouviu falar em Acupuntura para Emagrecer?

 

Embora muitos dos benefícios da Acupuntura ainda não tenham sido totalmente comprovados pela ciência, milhares de pessoas que já fizeram uso da prática garantem que a Acupuntura funciona e ajuda a aliviar dores, controlar a ansiedade e a compulsão alimentar, diminuir o estresse e combater inflamações, além de inúmeros outros benefícios, também ajuda a Emagrecer

A Acupuntura para emagrecer trabalha os pontos e órgãos que estão relacionados direta ou indiretamente ao controle da fome, compulsão alimentar, equilíbrio hormonal e até mesmo aos níveis de glicose no sangue, além de poder ser utilizada como técnica local para redução de medidas. 

Segundo a Medicina Chinesa, o ganho excessivo de peso é causado principalmente por um desequilíbrio entre as funções do baço e do fígado, disfunção essa que deverá ser tratada para que possa ocorrer a perda de peso. Os rins e o sistema endócrino também são tratados, pois são responsáveis pela retenção de líquidos e têm a função de estimular e controlar o equilíbrio hormonal.

Os pontos referentes à tireóide e baço, também são trabalhados para melhorar o nível hormonal e restabelecer o equilíbrio de açúcar no sangue. Para mulheres na menopausa, os ovários e as suprarrenais também podem ser estimulados para tratar o ganho de peso causado pelas alterações hormonais que acontecem nessa fase.

Outra maneira de tratar o ganho de peso com a Acupuntura e que tem se destacado nos últimos anos é a auriculoterapia, uma técnica que consiste em estimular determinados pontos na orelha para controlar o apetite e que tem se demonstrado tão eficiente quanto as práticas tradicionais.

Acupuntura pode funcionar como uma terapia complementar ao seu programa de perda de peso, mas para surtir o efeito permanente desejado ela deve estar acompanhada de mudanças nos hábitos alimentares e da prática regular de atividade física.

Grande parte das pesquisas sobre os benefícios da Acupuntura concentra-se nos efeitos da terapia sobre a ansiedade, o estresse e a depressão, pois estam relacionados à produção de hormônios do bem-estar, como a endorfina e a serotonina. Estudos recentes também têm demonstrado a capacidade da Acupuntura de bloquear a produção de hormônios liberados em situações estressantes, como por exemplo, o cortisol. E vale lembrar que, embora seja normal passar por algumas situações estressantes ao longo da vida, o estresse crônico pode levar a uma série de complicações, entre elas problemas cardíacos, depressão e até mesmo o sobrepeso. Sim, o estresse engorda, e em grande parte disso se deve a um aumento na produção de cortisol, um dos hormônios que pode causar acúmulo de gorduras.

Para a comprovação da Eficácia da técnica, citarei 2 casos de Pacientes em minha rotina de Atendimentos em Acupuntura.

Paciente 1: Mulher, 20 anos, sedentária, Ansiosa, 1,80mt e 120kg.

Iniciou tratamento de Acupuntura para enxaqueca, alteração da Pressão Arterial, Ansiedade e Sobrepeso. 

Tratamento: sessões de Acupuntura 1x semana 

Foi recomendado a Paciente iniciar caminhadas leves e sujestões alimentares de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa. Em sua primeira etapa, a paciente perdeu 18kg em 4 meses. 

Com a Ansiedade em equilíbrio e ganho de autoestima, foi indicado a Paciente a intensificar as atividades físicas e acompanhamento Nutricional. No final de 8 meses, a Paciente apresentou uma redução de 37kg.

Com a redução do peso, a Paciente ganhou qualidade de vida, disposição, melhora do sono, redução das dores e pressão arterial, podendo retirar o uso de medicamentos de sua rotina.

 

Paciente 2: Mulher, 43 anos, Sedentária, Depressiva, Compulssão Alimentar, 1,60mt e 110kg 

Tratamento: sessões de Acupuntura 1x semana 

Foi recomendado à Paciente apenas sujestões alimentares de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa. Em sua primeira etapa, a paciente perdeu 8kg em apenas 4 semanas. 

Com a Ansiedade em equilíbrio e ganho de autoestima, foi indicado a Paciente a iniciar leves caminhadas. No final de 2 meses, a Paciente apresentou uma redução de 14kg.

Com a redução do peso, a Paciente ganhou qualidade de vida, retirou todos os medicamentos que utilizava, houve redução das dores de forma significativa, ganho de autoestima, disposição, retomou os estudos e disciplina diária, pois tinha o hábito de dormir dia e noite.

 

Compartilhar:
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Dra. Tania Matsura
Carregar mais em Medicina tradicional chinesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Como a acupuntura pode ajudar no tratamento para o câncer

Quem poderia imaginar que pequenos estímulos causados por essas minúsculas agulhas poderia…