Quem poderia imaginar que pequenos estímulos causados por essas minúsculas agulhas poderiam surgir efeitos contra uma doença tão devastadora como o Câncer?!   
 Muito além do que a maioria das pessoas imagina, a Acupuntura é muito indicada para tratamento de Dores, Traumas, Depressão e Ansiedade, mas está sendo muito utilizada em tratamentos complementares para o Câncer.
As milagrosas agulhas em pontos específicos de Acupuntura estimulam o sistema imunológico do paciente, causam a analgesia em muitos quadros dolorosos, mas também aceleraram o processo de cicatrização de cirurgias e combate a metástase das células cancerígenas, impedindo assim a evolução da doença.
 Sabemos que o Câncer é formado por um aumento acelerado de células em um determinado órgão ou região, podendo haver metástase para outras regiões. Pela Medicina Convencional Ocidental, o que não se sabe seguramente são as Causas do Câncer. Há relatos onde dizem ser derivadas da hereditariedade, da pré-disposição, por exposição a meios de contaminação, por agressões constantes ao organismo, por doenças mal tratadas que evoluem para o Câncer, enfim, não existe uma causa única. Uma das formas que a Medicina Tradicional Chinesa entende é que um emocional em desarmonia com seu organismo de forma crônica podem ser um dos motivos que leva o paciente a adoecer.
A forma Oriental, energética, descreve 3 pilares da Medicina Tradicional Chinesa, as Energias Yang e Yin( a Teoria do Tao), a Teoria dos Cinco Elementos (Terra, Madeira, Fogo, Metal e Água) e a Teoria dos Zang Fu (Órgãos e Vísceras).
Existem Canais de Energia que chamamos de Meridianos, os quais representam energeticamente os Órgãos e Vísceras do corpo, e através destes circula a Energia (Qi), e nos quais situam-se os pontos de acupuntura. As desarmonias são resultados do desequilíbrio das Energias Yang e Yin que afeta a fisiologia energética dos Zang Fu (Órgãos e Visceras), causando sintomas e doenças.
A Acupuntura também possui ação moduladora sobre as emoções, sistema endócrino e imunológico, atuando em diversas funções orgânicas.
 A inserção da agulha de acupuntura estimula terminações nervosas que existem na pele e nos tecidos ao redor; estes estímulos seguem pelos nervos periféricos até o Sistema Nervoso Central (medula e cérebro) e libera substâncias químicas (neurotransmissores), promovendo efeitos analgésico, anti-inflamatório e relaxante muscular.
Sendo assim, a Acupuntura pode ser considerada uma das melhores opções em tratamento tanto para o Câncer quanto para qualquer tipo de doenças. Concluímos então que, se mantivermos o equilíbrio sobre os 3 pilares, teremos Saúde, descartando assim o uso exacerbado de medicamentos que podem sim levar a uma doença indesejada devido a seus excessos de efeitos colaterais e acumulativos.
Citarei, na sequência 2 casos de pacientes que foram atendidos por mim e que optaram pelo tratamento de Acupuntura para a redução de nódulos cancerígenos. 
Paciente 1: Mulher 38 anos, queixa de vários cistos ovarianos e 2 nódulos uterinos medindo aproximadamente 2cm cada. 
Tempo de tratamento: Realizamos periodicamente sessões semanais por 6 meses, passando a quinzenais por 3 meses e seguindo a mensal até o termino do tratamento.
Técnica: Foi utilizados pontos de acupuntura específicos pertinentes ao quadro, estimulação de eletro acupuntura e alternando com técnica de Moxabustão. 
Em primeiro momento, o objetivo era regular o fluxo menstrual, pois a paciente apresentava episódios recorrentes de hemorragias, ovulações desregradas além dos nódulos e cistos. 
Todo o Processo foi acompanhado com diagnóstico de imagem ultrassonográfico a cada 4 meses. 
Ao final de 1 ano de tratamento, obtivemos um resultado extremamente satisfatório, onde o seu cliclo menstrual foi regulado a 28 dias, presença de ovulação no ciclo e fluxo moderado por 4 dias. 
Foi possível concluir que os cistos foram reabsorvidos pelo organismo, juntamente com os nódulos, devido o desaparecimento destes nos exames de imagem. 
Paciente 2: Mulher 60 anos, queixa de nódulo na glândula da tireoide. 
Paciente possui o hábito de realizar sessões de Acupuntura em sua rotina. Devido a exposição a um grande estresse, houve o aparecimento de um nódulo visível e palpável na glândula da Tireóide
Tempo de tratamento: sessões semanais de Acupuntura. Técnica: Foi utilizados pontos de acupuntura específicos para o quadro, técnica de “Circular o Dragão” e Moxabustão no local.
Foi realizada 3 sessões específicas para esta queixa.
De acordo com o relato da paciente, houve uma melhora significativa sobre o quadro, pois sessou o desconforto, as dores, a dificuldade em deglutição, além da estética, pois visualmente ficou nítido a redução do tamanho do nódulo. 

Autora:

Tania Matsura

CRF-SP – 31.836

Compartilhar:
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Dra. Tania Matsura
Carregar mais em Medicina tradicional chinesa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Quer Emegrecer de forma Saudável e Sem Remédios? Conheça a ACUPUNTURA!

A Acupuntura é uma prática chinesa que consiste no uso de agulhas para estimular pontos es…